TRE da Paraíba adia julgamento que pede a cassação de Ricardo Coutinho

A juíza Michelini de Oliveiras Dantas Jatobá, do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TER-PB) pediu vista no julgamento que pede a cassação do governador Ricardo Coutinho (PSB). O chefe do executivo paraibano é julgado em uma ação por abuso de poder político e econômico na disputa nas eleições de 2014.

O Ministério Público Eleitoral acusa a chapa encabeçada por Ricardo Coutinho em 2014, de ter se beneficiado no decorrer da campanha, com uma concessão na PBPrev de um reajuste de R$ 7,2 milhões, em quatro meses daquele ano. No processo, pedem a inelegibilidade por 8 anos, da chapa Ricardo Coutinho (PSB) e Lígia Feliciano (PDT).

A defesa do governado, informou que os pagamentos realizados pela PBPrev foram legais, declarando, que não houveram desvios de finalidades.