Teotônio presta queixa na DP e diz que conversa vazada é Fake News

O pré-candidato a prefeito e advogado Antônio Teotônio (PDT) prestou queixa na tarde desta segunda-feira (06) após prints de conversas, consideradas Fake News, serem publicadas em grupos de WhatsApp. O conteúdo mostra diálogos, possivelmente, de Teotônio com uma conta do aplicativo não identificada. Segundo o advogado, seu aparelho telefônico foi hackeado por criminosos em dezembro de 2019.

O Boletim de Ocorrência foi divulgado, nele, Teotônio afirmou ao delegado Josinaldo Félix Ribeiro, que a publicação do conteúdo foi uma tentativa de; “macular e prejudicar a honra, imagem e dignidade do noticiante (Teotônio)”, diz trecho do documento. O advogado disse na Delegacia que se trata de; “fake news, que jamais manteve esse diálogo com ninguém”, descreveu no B.O. Confira ao lado.

O Blogo do Galdino publicou o conteúdo da conversa, onde, possivelmente, Teotônio critica o vereador e presidente da Câmara de Guarabira, Marcelo Bandeira (PDT). Cita, na conversa, sua preocupação pelo prefeito em exercício Marcus Diôgo (PSDB) está crescendo em possíveis pesquisas eleitorais, claramente, contratada pelo advogado Teotônio.

As conversas também mostram a estratégia, claramente de Teotônio, para seguir na disputa eleitoral sem depender da ajuda do deputado estadual Raniery Paulino, como a do Secretário Executivo do Orçamento Democrático Estadual, Célio Alves. Segundo o conteúdo, para isso acontecer, basta o vereador Marcelo Bandeira colaborar com as ideias do advogado.

Blog do Galdino 

error: Este conteúdo é protegido!