Secretário afirma que não foi comunicado pela Câmara sobre voto de repúdio

A Câmara de vereadores de Cuitegi, Microrregião de Guarabira, aprovou na última sexta-feira (26) um voto de repúdio contra o Secretário de Infraestrutura, o vereador licenciado Williame Lima. A nota foi apresentada, após um suposto vazamento de fotos nuas nas redes sociais.

Contudo, Williame desconhece o voto de repúdio aprovado pela maioria, informou que soube da votação através de terceiros, disse que não foi comunicado pela Câmara.

Williame disse que até dezembro de 2016 o regimento interno da Câmara, não previa o alcance de debates de assuntos não apurados. Declarando que os artigos da casa não preenche a decisão tomada pelos vereadores. “Não tenho conhecimento de existir a referida previsão”, argumentou.

O secretário declarou que buscará os esclarecimentos necessários da Câmara, não havendo, recorrerá ao judiciário. “Tenha a certeza que iremos esmiuçar com lupa, tudo que permeou a confecção do referido voto, caso haja alguma coisa fora do que preceitua o regimento, recorremos ao judiciário”, disse.

Williame declarou que está tranquilo diante do voto apresentado e das supostas fotografias que circulam nas redes sociais. “Tenho a consciência limpa, sempre busquei trabalhar incessantemente pelo bem do meu povo nos cargos que ocupei e ocupo. Sempre buscando praticar o bem, não tendo nenhuma mácula na minha vida pública ou pessoal” afirmou.