Raniery prevê o futuro e diz: “Os socialistas já não se falam como antes e a tendência é a relação piorar”

O líder da bancada oposicionista na Assembleia Legislativa da Paraíba, Raniery Paulino (MDB), revelou que ocorrerá um rompimento entre o atual governador João Azevêdo com o ex-chefe do executivo estadual, Ricardo Coutinho, ambos do PSB. As declarações do parlamentar foram dadas durante o programa 360 Graus, nesta terça-feira (30).

“Os socialistas já não se falam como antes e a tendência é a relação piorar”, disse Paulino.

Raniery opinou sobre a aliança dos socialistas, declarando que haverá um período que “eles vão começar a se acusar”, desvendando o futuro político de João e Ricardo. Paulino avaliou que o lanço de convivência entre os girassóis irá piorar.

“A primeira fase é eles darem as mãos, negarem e atacar as instituições, coisa que já está acontecendo. Depois, eles vão começar a se acusar. Acho que o rompimento dos dois está próximo. O desespero vem pra isso. Hoje, os secretários não foram presos porque foram exonerados e mudaram de foro. A situação só vai piorar de agora em diante”, disse o parlamentar.

Blog do Galdino/Fonte 83