Connect with us

Notícias

Professores e servidores do apoio assinam termo do precatórios do FUNDEF em Alagoa Grande

Postado

em

Centenas de professores e funcionários do apoio compareceram na manhã desta sexta-feira (12) no auditório da Prefeitura Municipal de Alagoa Grande, Brejo paraibano, para assinarem o termo do precatório do FUNDEF. Apenas servidores efetivos que exerceram funções na Secretaria de Educação, período de 2002 a 2007, receberão uma parcela do benefício.

Durante audiência com os docentes, o prefeito Antônio Sobrinho (PSD) decidiu através de um acordo realizar o pagamento de 40% para os professores e 10% para o pessoal de apoio. Outros 50% é destinado aos cofres da Prefeitura, o recurso só pode ser investido na área da educação.

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) e demais profissionais da educação é um recurso federal, com origem em erros de cálculos da União ao efetuar os repasses de complementação.

Fake News

Em Alagoa Grande criou-se uma ‘fofoca’ de quê o Prefeito Antônio Sobrinho (PSD) não pretendia pagar os precatórios dos professores e servidores do apoio. O gestor sempre demostrou interesse em realizar o pagamento, inclusive, se reuniu algumas vezes com os profissionais e firmou um acordo. Com o passar do tempo, Sobrinho fechou um acordo com a justiça para iniciar o pagamento, contundo, o Sindicato dos Servidores Público acionou o justiça para impedir o pagamento. veja abaixo.

Revolta

Os docentes ficaram revoltados com a manobra que o Sindicato dos Servidores Público pretendia realizar, a instituição solicitou que a Prefeitura pagasse aos professores e servidores do apoio, porém, o intuito era o favorecimento com o pagamento dos honorários advocatícios onde pretendiam faturar aproximadamente R$ 1 milhão, oriundos do FUNDEF.

Blog do Galdino