Prazo de 30 dias para Marcus Diogo permanecer no comando da Prefeitura se encerra na próxima segunda (01)

O prazo de 30 dias concedido pela Câmara de Guarabira para o vice-prefeito Marcus Diogo (PSDB) assumir a Prefeitura, se encerra na próxima segunda-feira (01). A Câmara ainda não recebeu nenhum documento da gestão solicitando a prorrogação de Marcus no comando da administração por mais tempo.

Os vereadores receberam no dia 30 de maio o pedido de afastamento do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), que se recupera de um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), no mesmo dia aprovaram a posse de Marcus como prefeito interino por 30 dias.

A Prefeitura tem apenas dois dias para enviar a solicitação de prorrogação do mandato interino de Marcus Diogo, antes do vencimento, ou seja, está quinta (27) e sexta-feira (28). Vale lembrar que sábado e domingo não existe funcionamento na Casa Osório de Aquino.

O documento aprovado prevalece até segunda-feira (01). Se a solicitação for enviada à Câmara, o presidente e vereador Marcelo Bandeira irá convocar uma sessão extraordinária para avaliar o documento. Contudo, o documento será enviado primeiro para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do parlamento, e em seguida será analisado pelo plenário.

Informações extraoficiais: O prefeito afastado Zenóbio Toscano (PSDB) passou por uma avaliação médica nesta semana e a Câmara aguarda o atestado médico, possivelmente orientando o afastamento do gestor por mais tempo da Prefeitura.

Blog do Galdino