Por maioria: Pleno do TJ-PB decide pela revogação da prisão do ex-prefeito de Bayeux

O pleno do Tribunal de Justiça manteve por maioria a prisão do prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima (sem partido), preso em flagrante ao subornar empresário, no dia 05 de julho do decorrente ano. A sessão ocorreu na manhã desta quarta-feira (23) na sede da corte, em João Pessoa.
Por 10 votos a três pela improcedência da revogação da prisão preventiva de Berg. A corte havia adiado a sessão que ocorreria em 09 de agosto. O ex-prefeito seguirá detido no 5º Batalhão da Polícia Militar, no bairro do Valentina, em João Pessoa. A defesa anunciou que irá recorrer da decisão através do Supremo Tribunal de Justiça.
Votaram a favor da soltura de Berg os desembargadores; Marcos William, Abraham Lincoln e Silvio Ramalho. Apresentaram votos pela revogação da prisão de Berg, os desembargadores; Oswaldo Trigueiro, Carlos Beltrão, João Benedito, Leandro dos Santos, Carlos Eduardo de Brito, Saulo Benevides, Marcos Cavalcante, João Alves, Frederico Coutinho e José Ricardo Porto.
Blog do Galdino/Raelson Galdino