Pontes destruídas, alagamentos de estradas e comunidade ilhada: resultado das últimas chuvas em Jacaraú

As fortes chuvas que caíram durante todo domingo, 05, e primeiras horas da manhã dessa segunda, 06, deixaram estragos em toda zona rural de Jacaraú. Segundo informações de populares, as estradas vicinais da Cidade estão intransitáveis. Na região de Formosa, o Rio Pirari encheu e a passagem molhada, reforma recentemente pela Prefeitura de Jacaraú (PMJ), não suportou a força das águas, as duas cabeceiras foram destruídas.

Agora, os moradores de pelo menos cinco comunidades, terão que fazer um desvio de quase 10 km para o acesso à Cidade. Em outras regiões como Salvador Gomes, Travessia e Lagoa da Mata, foram registrados alagamentos, deslizamentos terra e destruição de passagens molhadas, deixando as estradas sem condições de locomoção para os moradores.

 

Em Várzea Comprida, moradores ficaram ilhados, após o rompimento do único trecho que liga a estrada principal da Comunidade a um vilarejo. Em suas redes sociais o prefeito Elias Costa comemorou as fortes chuvas, mas, evitou falar da situação das estradas.

Três dias depois, a população ainda vive sob os impactos do caos provocados pelas chuvas. A PMJ iniciou o “tapa buracos” de algumas estradas, mas, a maior parte dos acessos estão sendo recuperados pelos próprios moradores.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) há perigo potencial de acumulado de chuvas, e Jacaraú estava na lista dos 50 municípios paraibanos cuja precipitação de chuvas chegou a 50 milímetros por dia. Para dias assim, a recomendação do Inmet é para que as pessoas evitem enfrentar o mau tempo e usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Para mais informações, o Inmet disponibiliza o número da Defesa Civil (telefone 199) e do Corpo de Bombeiros (telefone 193). Até o fechamento desta matéria, nossa equipe de reportagem não obteve informações de quanto tempo as boeiras e passagens molhadas serão revitalizadas pela gestão municipal.

Redação/Blog do Galdino