Polícia prende homens em flagrante por violência doméstica em Guarabira

Imagem ilustrativa (Foto: João Alencar, o olho da notícia).

Um homem foi preso em flagrante após agredir fisicamente a sua esposa. A agressão e a prisão ocorreram na madrugada desta quinta-feira (18) em Guarabira. A polícia foi acionada, possivelmente, por vizinhos que notaram as agressões sendo realizadas pelo o marido da vítima. A violência doméstica praticada contra a mulher pode ser enquadrada na Lei nº 11.340, também conhecida como Lei Maria da Penha.

O acusado foi detido e levado para a 8ª Delegacia Seccional da Polícia Civil de Guarabira. O delegado plantonista lavrou um auto de prisão em flagrante por violência doméstica.

Segundo caso:

Um homem tentou invadir a residência da ex-esposa na tarde da última quarta-feira (17), na Rua Pedro Luiz de Souza, no Alto da Boa Vista em Guarabira. A vítima informou que o acusado não aceita o término da relação e constantemente faz ameaças contra ela. A polícia conseguiu localizar e prender o acusado que não reagiu à prisão.

O caso foi registrada no 8ª Delegacia Seccional da Polícia Civil de Guarabira. Conforme o Boletim Policial, o homem foi preso em flagrante delito por violência doméstica e acabou ficando a disposição da justiça.

Leia: Bandidos roubam motocicleta e atiram em vítima na Zona Rural de Alagoinha

A identidade dos acusados não foram divulgadas pela Polícia Militar, a corporação do 4º BPM alega que cumpre o Artigo 5º, inc. X da Constituição Federal de 88.

“Por Questões éticas, morais, legais e profissionais, a Polícia Militar; como defensora dos Direitos Humanos e Garantias Individuais do Cidadão, faz cumprir o que determina o Artigo 5º, inc. X da Constituição Federal de 88, o qual versa que: X – São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação”, diz a PM.

Blog do Galdino