Nó no trânsito de Guarabira persiste sem solução

Imagem capturada do vídeo publicado por Kleber Pereira.

A realidade não supriu as expectativas dos mentores que pretendiam revolucionar o tráfego dos veículos com o fechamento do giradouro no centro de Guarabira, o mesmo aconteceu ao realizarem as mudanças na rota dos automóveis entre a Rua Quinze de Novembro e a Avenida Dom Pedro II.

O transtorno dos motoristas com o engarrafamento persiste. Um retorno instalado em frente à loja Realce Calçados na Avenida Dom Pedro II anda causando dores de cabeça a muitos motoristas, sem esquecer que a poucos metros existe um acesso que faz ligação com a Quinze de Novembro. Por incrível que pareça, esse é o ponto que causa o nó no trânsito da cidade.

Na imagem abaixo disponibilizada pela Prefeitura mostra, em cores vermelha, os retornos que foram criados para o fechamento do ‘giradouro’, observem a distância do acesso (retorno) com a esquina na Avenida Dom Pedro II que faz ligação a Rua Quinze de Novembro.

Uma coisa é certa, o engarrafamento persiste e não há uma alternativa para solucionar o problema. Os especialistas contratados pela Prefeitura acreditavam que o isolamento do giradouro solucionaria o problema da lentidão no trânsito, pelo contrário, está contribuído.

No Facebook, o internauta Kleber Pereira registrou na manhã desta quinta-feira (07), através de vídeos o engarrafamento na Avenida Dom Pedro II sentido ao antigo giradouro. Na discrição, Kleber diz que os motoristas precisam ter bastante paciência ao transitarem no centro da cidade.

Até então os guardas de trânsito da cidade estão se reservando em aplicar multas nos condutores que estacionam em locais indevidos. No ponto do engarrafamento, a STTrans não orienta os motoristas e condutores para seguirem de forma correta. Uma coisa é certa, existe um erro que necessita ser corrigido de forma ágil.

Raelson Galdino