Connect with us

Política

Moro demostra tranquilidade e Congresso pode criar CPI para apurar vazamento

Postado

em

Sérgio Moro se pronunciou sobre o vazamento de conteúdos seu com procuradores, relacionados à Operação Lava Jato. O ministro declarou que não existe nenhuma orientação nas mensagens trocadas com integrantes da força-tarefa da Lava Jato, período que era juiz da 13° Vara da Justiça Federal, em Curitiba. As conversas foram divulgadas pelo site The Intercep, na noite deste domingo (09).

Moro afirmou que os trechos das conversas não revelam qualquer prática ilegal, declarando ser vítima de uma invasão criminosa. O ministro revelou que não pode assegurar que o conteúdo seja verdadeiro. “Não vi nada de mais ali nas mensagens. Pra mim, esse é um fato bastante grave, ter havido essa invasão e divulgação, e, quanto ao conteúdo, no que diz respeito à minha pessoa, não vi nada de mais”, disse Moro.

Existe no Congresso Nacional uma movimentação para a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar o vazamento das conversas relacionadas ao ministro Sérgio Moro e ao procurador Deltan Dellagnol. O site The Intercep promete a revelação de novos conteúdos direcionados a Operação Lava Jato.

Na manhã desta segunda-feira (10) os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, se reuniram onde discutiram o cenário turbulento envolvendo um ministro e procuradores MPF.

Blog do Galdino