Memorial Jackson do Pandeiro recebe visitantes dos EUA

O paraibano José Gomes Filho, natural de Alagoa Grande, conhecido como Jackson do Pandeiro (falecido em 1982), é um dos artistas mais celebrados do país, até hoje. Suas obras, fotos e restos mortais estão no Memorial Jackson do Pandeiro, em um prédio no centro da cidade onde ele nasceu.

Neste sábado, 23/03, o local recebeu vários visitantes, entre eles um casal vindo da cidade de Denver, Colorado, EUA.

O ano 2019 foi decretado pelo Governo do Estado e pela Prefeitura Municipal de Alagoa Grande como “ANO CULTURAL JACKSON DO PANDEIRO” e esses atos fortaleceram ainda mais a visitação ao Memorial, que guarda e preserva a história do Rei do Ritmo.

O local, fundado em 2008, recebe anualmente, aproximadamente 10 MIL PESSOAS e esse ano deverá ter um público ainda maior.

Somente em março, mais de 2 MIL VISITANTES já estiveram no local, especialmente Professores e estudantes, que vieram aprofundar os seus conhecimentos sobre a história do maior artista alagoagrandense.

No ano do seu centenário, o Memorial está recebendo novas peças para o seu acervo,. além de melhorias estruturais. Esse ano, Jackson do Pandeiro receberá inúmeras homenagens, não apenas em Alagoa Grande, sua terra natal, mas também por todo o país, o que mostra a sua importância para a cultura brasileira.

Visite o Memorial e valorize a sua cultura. Conheça a história do Rei do Ritmo.

#AlagoaGrande
#TerraDeJackson
#100AnosDeJackson

ASCOM