Marcelo Bandeira revela que aliados de Célio são “obrigados” a participarem de reuniões em Guarabira

Mônica Bandeira, esposa de Marcelo, é presidente municipal do PDT em Guarabira (Foto: Rodrigo Souza).

O vereador e presidente da Câmara de Guarabira, Marcelo Bandeira (PSB), disse que os aliados de Célio Alves são forçados a participarem de reuniões promovidas pelo mariense; “ali é obrigado, tem que ir”, argumentou. O parlamentar concedeu entrevista nesta quinta-feira (17) ao Jornal da Cultura, da Rádio Cultura FM.

Marcelo garantiu que a estratégia do presidente da Comissão Provisória do PSB de Guarabira é intimidar seus aliados, o intuito é esvaziar o evento do PDT do próximo dia 20 de outubro. Marcelo revelou que Ronaldo Guerra, chefe de gabinete do governador João Azevêdo (PSB), deu carta branca para suas indicações no Governo Estadual participarem da convenção [PDT] partidária em Guarabira.

“Ronaldo Guerra mandou todos irem, e disse, mande tirar fotos, quero vê quem vai sair do estado. Vai tirar por quê? a vice-governadora estará lá Marcelo. Não vai tirar”, argumentou Marcelo.

Blog do Galdino