Lau Siqueira e advogado preso na Calvário são exonerados por João Azevêdo

O governador João Azevêdo (sem partido) exonerou o Gerente Executivo de Promoção Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, Lau Siqueira e o advogado Francisco das Chagas Ferreira. As exonerações foram publicadas nesta terça-feira (24) no Diário Oficial do Estado.

O advogado Francisco das Chagas chegou a ser preso na sétima fase da Operação Calvário – Juízo Final, além sofrer mandados de buscas e apreensões. Em nota, Francisco disse está tranquilo e afirmou que nunca foi “sócio oculto de ninguém”.

“Nunca recebi um centavo que não tenha sido pela prestação dos meus serviços. Nunca fui sócio oculto de ninguém. Confesso que estou surpreso, mas acredito que a Justiça e o Ministério Público fazem o trabalho correto de investigar. Por isso, me apresentarei com tranquilidade e com a certeza de que provarei a minha total inocência”, disse Francisco.

Lau Siqueira, exonerado a pedido, ocupou a Secretaria de Cultura da Paraíba na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). O advogado Francisco das Chagas ocupava uma função na Companhia de Desenvolvimento de Recursos Minerais da Paraíba.

Blog do Galdino