Justiça determina soltura de Livânia Farias por colaborar com as investigações

Uma decisão da juíza da 5ª Vara Criminal de João Pessoa, Andréa Gonçalves Lopes Lins, determina que a ex-secretária de Administração da Paraíba, Livânia Farias, seja solta. Livânia cumpre prisão na 6ª Companhia da Polícia Militar, em Cabedelo. A ex-secretária é acusada de participar de um esquema de corrupção envolvendo Organizações Sociais, responsável por gerenciar hospitais no estado.

A soltura de Livânia ocorre através da colaboração premiada nas investigações. A juíza argumenta na decisão, que a ré está colaborando com a justiça.

A magistrada também proibiu Livânia de frequentar qualquer repartição pública do estado, proíbe também que a ré mantenha contatos com testemunhas, ou outros investigados na Operação Calvário.

Livânia está proibida de ocupar qualquer função pública, é proibido também percorrer uma distância maior de 200 quilômetros de João Pessoa. A juíza ainda determinou o comparecimento da ex-secretária ao Ministério Público nas datas determinadas pelo órgão.

Blog do Galdino