João convoca coletiva de imprensa e poderá se afastar ou renunciar ao cargo, informa jornalista

O governador João Azevêdo (sem partido) convocou uma coletiva de imprensa para essa segunda-feira (23). O objetivo é comentar sobre o andamento da Operação Calvário que atingiu diretamente o Governo do Estado. A sétima fase da Operação Calvário – Juízo Final, resultou na prisão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

O jornalista Milton Figueirêdo do site Resumo PB, revelou que João poderá se afastar ou renunciar ao cargo. Caso ocorra essa hipótese, a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) assumirá o comando do Governo do Estado, tornando-se governadora.

Existem relatos do empresário Daniel Gomes, responsável pelas Organizações Sociais que prestam serviços à Saúde e Educação da Paraíba, delatando o governador João Azevêdo. As denúncias contra o atual governador foram encaminhadas ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) em Brasília.

A coletiva de imprensa está prevista para acontecer ás 10h00, no Palácio da Redenção, em João Pessoa. Devido a Calvário, João foi forçado a promover mudanças no núcleo administrativo da Paraíba.

Blog do Galdino