João Azevêdo reconhece trabalho de Célio Alves para a vitória em Guarabira

Vitorioso em primeiro turno com quase 1 milhão e 120 mil votos, o governador eleito da Paraíba, João Azevêdo, concedeu entrevista ao jornalista Alex Filho, da TV Master, e avaliou o processo eleitoral. Ao tratar sobre sua vitória em Guarabira, derrotando as oligarquias tradicionais da política, João disse que disputou contra forças políticas importantes e mesmo assim venceu.

“Veja que em Guarabira você tinha duas forças políticas importantes. Um candidato ao Senado na chapa de (Zé) Maranhão, Roberto Paulino, e do outro lado o prefeito Zenóbio Toscano, que votou em Lucélio. Mesmo assim nós obtivemos a vitória”, disse o governador.

Azevêdo reconheceu o trabalho feito pelas lideranças do grupo Girassóis, especialmente do socialista Célio Alves, que concorreu à Assembleia Legislativa e disse que o povo de Guarabira sabe do trabalho do PSB na cidade.

“Lá teve o grande trabalho do companheiro Célio Alves, que foi candidato a deputado, que fez um grande trabalho, das lideranças locais e do povo de Guarabira. O povo sabe da escola técnica, do contorno viário, do hospital que está diferente, da adutora. Essa é a questão. As pessoas conseguem entender que o trabalho é maior”, destacou João.

 

Apoiado apenas pelas lideranças dos Girassóis de Guarabira, o candidato João Azevêdo (PSB) deu uma surra de votos nos candidatos das oligarquias Paulino e Toscano. O socialista tirou 12.499 votos em Guarabira contra 7.944 de Maranhão (candidato de Paulino) e 6.475 de Lucélio Cartaxo (candidato de Toscano).

Blog do Galdino/Com Portal 25 Horas