Guarabira: asfalto em estacionamento para motos afunda com pedais e motociclistas reclamam

Na Avenida João Gomes Maranhão, em Guarabira, uma das artérias que está recebendo a estrutura subterrânea das obras de drenagem das água do centro da cidade, a empresa responsável em executar a drenagem, passou a liberar estacionamento para motocicletas. Mas há falhas que foram registradas por motoqueiros que estão utilizando o estacionamento.

O estaço destinado para estacionamento de motos fica espaços abertos no canteiro que divide a avenida. O asfalto não está suportando o peso das motos e buracos estão sendo feitos no chão. A saída está sendo utilizar pedaços de pedra, espécie de calço, para apoiar o pedal da moto e evitar o afundamento e possível tombo do veículo.

A reclamação foi feita durante o radiofônico Correio da Manhã, da Guarabira FM, na manhã desta terça-feira (22). O radialista Raelson Galdino, que apresenta o programa, recebeu fotos mostrando os buracos no asfalto, provocados pelos pedais das motocicletas.

O mesmo local onde fica o estacionamento foi aberto várias vezes durante a implantação do sistema de drenagem. A ideia inicial do projeto era eliminar o canteiro e implantar postes nas laterais da rua. Mas depois que foram registrados sucessivos afundamentos no solo, a empresa mudou o projeto e o canteiro foi mantido, com espaços para estacionar motos.

A prefeitura de Guarabira ainda não se posicionou sobre as falhas detectadas no projeto.

Blog do Galdino/Portal 25 Horas