“Fui escanteado”, diz Ronaldinho ao anunciar rompimento com Didiu

O vice-prefeito Ronaldo de Abreu, conhecido como ‘Ronaldinho’, anunciou de forma oficial o rompimento com o prefeito Denílson Freitas (Didiu). A partir de agora, ele faz parte do grupo oposicionista de Pirpirituba. Ronaldinho alegou que foi escanteado.

Ronaldinho disse que o convite partiu de Hugo Simões, Ivanildo Soares e Tião Gomes para ingressar no bloco. Depois de analisar a proposta, ele terminou aceitando. “Fui convidado por Hugo, Ivanildo e Tião para compor o grupo e trabalhar meu nome como candidato à prefeitura em 2020, como existem também outros companheiros”, declarou.

No acordo firmado com novo o grupo, o vice-prefeito passar automaticamente apoiar a pré-candidatura a deputado estadual, Tião Gomes. Já outra parte da oposição vai apoiar a pré-candidatura do deputado estadual Raniery Paulino.

Ronaldinho lembrou ainda que para o deputado federal, a oposição vai votar em um só candidato.  O nome ele não chegou a divulgar. “Mas vamos sempre ouvir, conversar, combinar e agregar. Este é nosso projeto”, finalizou.

Segundo o vice-prefeito, o prefeito Didiu vinha o escanteando de alguns eventos da gestão, além de levar algumas ações aos seus correligionários sem que o mesmo soubesse, o que pôde ser entendido como exclusão a ponto de minar a área de atuação do seu colega de chapa.

“Prometeu tomar decisões ouvindo o vice-prefeito e vereadores o que nunca fez, sempre toma decisões individuais, muito concentrador. Além de impor a população e aos pequenos comerciantes muitas taxas abusivas e aumento de impostos, governando com mãos de ferro”, justificou Ronaldinho.

Blog do Galdino/Classe A da Notícia