Embalagens plásticas ficam espalhadas por falta de lixeiras na Festa da Luz

Embalagens plásticas de bebidas e gelo ficaram espalhadas pelo chão no início da noite desta quinta-feira (31) no interior do Parque do Poeta Ronaldo Cunha Lima, em Guarabira. As pessoas ao passarem pelos seguranças colocavam as bebidas nas caixas térmicas (cooler), sem lixeiras, um amontoado se formou na entrada lateral do local do evento.

Confira: Sem lixeiras embalagens plásticas são jogadas no chão em entrada do Parque do Poeta em Guarabira

Esse episódio ocorreu também na primeira e segunda noite de evento. As lixeiras não foram instaladas nas estradas da festa após a revista dos seguranças. A irritação do prefeito com o ocorrido (lixo na entrada da festa) na primeira noite, não serviu de lição para a organização instalar algo que contribuísse com a limpeza do ambiente.

Os organizadores terão a última chance de 2019 para instalar nesta sexta-feira (01) as lixeiras. Último dia de festividade, o Parque do Poeta Ronaldo Cunha Lima irá receber uma multidão para acompanhar as apresentações no palco principal de Samya Maia, Xand Avião e Edu Lima.

Blog do Galdino