Cássio diz que Raniery manchou a sua biografia política ao apoiar João Azevêdo em Guarabira

O ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) afirmou que o governador João Azevêdo (Cidadania) faz parte da organização criminosa desvendada pelo Mistério Público na Paraíba; “João Azevêdo é membro dessa máfia. É uma verdadeira organização criminosa”, argumentou. Cássio concedeu entrevista nesta sexta-feira (28) à Rádio Constelação FM.

O tucano revelou que o rompimento político entre o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e o atual governador João Azevêdo (Cidadania), é de “fachada”. O ex-senador chamou Ricardo Coutinho por várias vezes de “presidiário” e relembrou o escândalo ocorrido entorno da Operação Calvário realizada pelo Ministério Público.

Cássio também avaliou a aliança política entre o MDB e o Cidadania em Guarabira, disse que a decisão de Raniery em participar deste acordo, é um ato de incoerência política. Na avaliação de Cássio, o comportamento do emedebista mancha a sua “biografia política”.

Raniery Paulino (MDB) permaneceu 10 anos realizando oposição aos governos de Ricardo Coutinho e João Azevêdo. O parlamentar também ocupou a função de líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba e se rendeu aos caprichos do Governo do Estado.

Blog do Galdino