Caminhos do Frio chega em Alagoa Grande com a Rota Cultural Jackson do Pandeiro

A Rota Cultural Caminhos do Frio, edição 2018, chegou a Alagoa Grande, Brejo paraibano. Denominado “Rota Cultural Jackson do Pandeiro”, que homenageia o maior ícone cultural do município. O circuito é uma idealização do Fórum de Turismo do Brejo Paraibano, em parceria com as prefeituras. A solenidade de abertura ocorreu na noite desta segunda-feira (27) em frente ao Teatro Santa Ignêz, 3º mais antigo da Paraíba, com 113 anos de fundação.

Jackson do Pandeiro completará na próxima sexta-feira (31) 99 anos de idade, e para comemorar essa data simbólica, ocorrerá uma atividade musical no museu do mestre, denominada “Som no Memorial”, localizado na rua Dr. Apolônio Zenaide, centro da cidade, ás 17h00.

No decorrer da cerimônia de abertura, foram citados os importantes nomes culturais de Alagoa Grande, a exemplo da sindicalista Margarida Maria Alves, assassinada brutalmente na sua própria residência em 1983. A casa foi transformada num museu, local que preserva objetos e documentos de Margarida.

Duas adolescentes foram responsáveis por executares dois importantes hinos (músicas). Bianca Luíse cantou o Hino Nacional Brasileiro, enquanto Letícia Lima soltou a voz ao cantar o Hino do Município, escrito por Waldemar Rodrigues, e acompanhado pelo público presente.

Tratando-se de música, Alagoa Grande é referência no cenário musical. A jovem pianista Mariana da Rocha Cunha, estudante do curso de música pela Universidade Federal de Campina Grande, impressionou a todos com três músicas que refletiam no belíssimo desempenho de arte, talento e cultura de Mariana.

A noite também foi marcada com a apresentação do grupo “Olaria de Jackson”, do Serviço de Fortalecimento e Convivência de Vínculo, que arrancou aplausos de três adolescentes, inclusive, são irmãos. A peça apresentava um cenário de uma sala, onde duas meninas dançavam. Na sequência, ocorre a entrada de Jackson do Pandeiro, um jovem utilizando roupas e um chapéu, além do pandeiro com as características do verdadeiro Jackson.

O prefeito Antônio Sobrinho (PSD) agradeceu a presença de todos os prefeitos dos municípios que compõem a Rota Cultural Caminhos do Frio, disse que satisfatório compartilhar esse momento festivo com atividades culturais com todos, podendo expandir através do diálogo e divulgação os produtos que são de Alagoa Grande e comercializados em outros municípios do estado. O gestor decretou aberta oficialmente a Rota Cultural Jackson do Pandeiro.

Em seguida, Sobrinho entregou aos prefeitos e representantes de prefeitos visitantes um kit lembrança, contendo duas cachaças volúpia e Do Barril, uma blusa estampada com uma arte de um artista local. Sobrinho entregou também uma réplica da fachada (miniatura) do Memorial Jackson do Pandeiro, que celebra 10 anos de sua fundação, recebendo anualmente 6 mil pessoas.

Presentes no evento, secretários, vereadores e servidores da Prefeitura de Alagoa Grande. O secretário de Turismo de Areia, Tinho, representou o prefeito João Francisco, Brício Brilhante representou Socorro Brilhante, prefeita em exercício de Pilões. Presença de Fátima Silva, prefeita de Matinhas, prefeito em exercício de Remígio, André, e Alagoa Nova, Aquino Leite. Representando o SEBRAE, Jacy Viana, e Sérgerson Silvestre representando o Fórum de Turismo do Brejo Paraibano.

O fotógrafo Paulo Wanderley recebeu das mãos do prefeito Sobrinho um kit. O profissional sempre acompanhou a Rota Cultural Caminhos do Frio, sendo um grande divulgador das belezas de cada cidade por onde se passou o evento.

Blog do Galdino