Connect with us

Política

Marcelo anuncia saída do PSB e reafirma que seguirá João Azevêdo

Postado

em

O presidente da Câmara Municipal de Guarabira, o vereador Marcelo emitiu um comunicado com a imprensa, nesta terça-feira (3), que segue o governador João Azevêdo e anunciou que também vai deixar o PSB, partido ao qual é filiado.

Em nota, Marcelo disse que está solidário ao governador e que “lamento que o PSB tenha sido exposto de forma tão vexatória, desde a descabida intervenção no Diretório Estadual, num claro golpe contra o companheiro Edvaldo Rosas, impondo, de forma autocrática, uma comissão interventora, envergonhando a história do partido”, destacou.

Ainda na nota, o presidente da Câmara disse que vai aguardar apenas que se abra a janela partidária para pedir desfiliação da legenda e ainda ratificou sua postura divergente em relação ao comando do PSB de Guarabira.

NOTA 

Diante dos últimos acontecimentos ocorridos na política paraibana, envolvendo o Partido Socialista Brasileiro – PSB – ao qual sou filiado, que culminou com a saída da legenda de sua excelência, o governador João Azevêdo, torno público o seguinte posicionamento:

Na condição de presidente da Câmara Municipal de Guarabira, lamento que o PSB tenha sido exposto de forma tão vexatória, desde a descabida intervenção no Diretório Estadual, num claro golpe contra o companheiro Edvaldo Rosas, impondo, de forma autocrática, uma comissão interventora, envergonhando a história do partido.

Minha admiração pelo PSB remonta das campanhas memoráveis protagonizadas por Miguel Arraes, fundador do partido, em quem tive a oportunidade de votar por mais de uma vez, em Pernambuco, quando ainda jovem. Depois, o destino me reservou que eu pudesse me filiar à legenda e disputasse mandato de vereador e, pelas mãos do povo, eleito para representar a sociedade guarabirense no parlamento pelo terceiro mandato consecutivo.

É público e notório também o meu descontentamento com a condução do PSB de Guarabira, levando o partido à condição de coadjuvante, saindo de 3 vereadores em 2017 para apenas 1, no próximo ano.

Expresso minha solidariedade ao governador João Azevêdo, pelos equivocados e inexplicáveis ataques desferidos por parte do ex-governador Ricardo Coutinho, mentor do golpe. Me associo ao governador e informo aos guarabirenses que tão logo se abra a “janela partidária”, o que vai ocorrer somente no próximo ano, também estarei me desfiliando do PSB, num gesto de respeito à democracia e à soberania do voto popular.

Guarabira, 3 de novembro de 2019.

Marcelo Bandeira Ferraz

Vereador Presidente da Câmara de Guarabira

Portal 25 Horas