Pular para o conteúdo principal
 

Policiamento será reforçado durante prévias carnavalescas no estado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado e Defesa Social, divulgou na última quarta-feira (4) o plano de segurança para as prévias carnavalescas de João Pessoa. Pelo menos 1.700 policiais militares farão parte do esquema, além de 660 policiais civis e 471 bombeiros militares. A operação começa a partir desta quinta-feira (5). 

O objetivo da ação é prevenir ocorrências de crimes contra a vida e contra o patrimônio no percurso dos blocos e nos locais de concentração. 

A Polícia Militar vai atuar com policiamento a pé, a cavalo, com moto, viaturas e também com uso de segways. Os blocos que terão maior reforço serão as Virgens de Tambaú e Muriçocas do Miramar, com 600 e 700 policiais, respectivamente. 

Outros blocos de grande e médio porte terão presença diferenciada de policiais, a exemplo do Picolé de Manga, com 600 policiais; Bloco dos Atletas e Banho de Cheiro, que terão um efetivo de 200 policiais; e Cafuçu, com 150.

Monitoramento - O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, afirmou que a PM vai monitorar toda área da Avenida Epitácio Pessoa. “Para isso, dispomos de um micro-ônibus com 16 câmeras. 

O equipamento vai ser instalado nesta quinta-feira, no cruzamento com a Avenida Professora Maria Sales, e contará com policiais para acompanhar a movimentação de pessoas, por meio de dois televisores, avisando sobre incidentes, via rádio”, explicou, acrescentando que a instituição estará presente em pelo menos 200 eventos, apenas em João Pessoa.

 Solicitação - O coronel Lívio Delgado, comandante do Policiamento Metropolitano e gestor da 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Reisp), destacou que os dirigentes dos blocos devem fazer o pedido de policiamento até 72 horas antes do evento, apresentando em anexo as licenças (ambientais e do Corpo de Bombeiros), autorizando a realização da festa, descrevendo estimativa de público, horário e percurso, entre outros aspectos.

Bombeiros - Os 471 homens e mulheres do Corpo de Bombeiros serão divididos em equipes com apoio de 17 viaturas nas diversas modalidades: combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, resgate e salvamento em locais de difícil acesso. Dentro da ação, também será disponibilizada uma embarcação para a prevenção aquática durante a passagem de blocos pela orla.

 De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Jair Carneiro, o esquema montado pela corporação também incluirá a montagem de postos de apoio para a tropa e atendimento à população em pontos estratégicos nos corredores da folia. 

“O número de postos pode chegar até 15, por noite, dependendo da expectativa de público de cada bloco. O mesmo se aplica ao efetivo, que será distribuído levando em conta o tamanho do evento.  Para as ‘Muriçocas do Miramar’, por exemplo, serão escalados 105 bombeiros e 17 viaturas. O bloco sai no próximo dia 11, na tradicional quarta-feira ‘de fogo’”, frisou.

 Já o ‘Picolé de Manga’ e as ‘Virgens de Tambaú’ contarão cada um com 81 militares do Corpo de Bombeiros – distribuídos nas diversas modalidades atendidas pela corporação.  Haverá reforço para o ‘Bloco dos Atletas’, com o emprego de 32 bombeiros; ‘Muriçoquinhas’, que contará com um efetivo de 32 bombeiros; e Cafuçu, com 105.  

 Polícia Civil - A Polícia Civil vai disponibilizar um efetivo de 660 policiais para as prévias de João Pessoa, com apoio de 220 viaturas, compreendidas entre carros e motos.  Além disso, uma delegacia móvel será instalada em um ponto estratégico da Avenida Epitácio Pessoa, em frente ao Supermercado Pão de Açúcar. A estrutura irá atender a população para registro de boletins de ocorrência.

 Canais de contato - A Secretaria da Segurança e da Defesa Social também vai reforçar para os foliões canais de atendimento. O Disque Denúncia (197), que funciona 24 horas, pode ser usado para informação de crimes. A ligação é gratuita e sigilosa.

 O Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), por meio do 190, também fica disponível  o dia inteiro para a Região Metropolitana de João Pessoa e Litorais Sul e Norte, e em todo Estado. O folião pode usar ainda a Delegacia On Line, pelo endereço: www.delegaciaonline.pb.gov.br, para registros de ocorrências em que não haja violência, como extravios e furtos.

Secom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre em Guarabira Zenobinho vítima de Edema Agudo de Pulmão

Morreu vítima de Edema Agudo de Pulmão, Antônio Altino Batista, conhecido como Zenobinho, na tarde deste domingo (16) no Hospital Regional de Guarabira. Ele passou mal em sua residência, socorrido, mas acabou não resistindo e veio a óbito. Na unidade hospitalar, teve três (03) paradas cardíacas.
Zenobinho sofria de pressão alta e diabete, no Hospital, a equipe médica realizou diversos atendimentos socorrê-lo, das três paradas cardíacas, os médicos conseguiram reverter em duas, a terceira, não foi possível.
Zenobinho era muito querido por diversos meios da sociedade guarabirense, sejam políticos, empresários, comerciantes, além de pessoas simples da cidade.

Guarabira ganhará biblioteca sobre trilhos em antiga estação

O prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB) realizará mais uma ação em torno da cultura e educação do município, desta vez, o gestor guarabirense conseguiu junto a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) um vagão de trem, que será transformado em uma biblioteca. Toscano está resgatando a antiga Estação Ferroviária, no Bairro da Esplanada, onde ficará o vagão doado.




Zenóbio anunciou que implantará algumas ações na localidade, onde recuperará a história ferroviária de Guarabira através do Museu da Ferrovia e a construção do Parque da Estação, que atenderá os moradores da Esplanada. O chefe do executivo municipal pretende restaurar a chamada ponte de tábua, que fica por trás do prédio.



O Parque da Estação receberá uma academia da saúde, duas quadras esportiva uma com piso, a segunda de areia, além de contar com equipamentos que atenderá as crianças e uma pista de skates.



Sobrevivente: Rafael diz que imaginou chegarem os três mortos em Araçagi

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiro iniciou nesta terça-feira (25) o terceiro dia de buscas à Ivandro Batista [Vandinho], desaparecido no último domingo (23). Vandinho estava com o filho e amigos na praia do Coqueirinho, Baía da Traição, Litoral Norte paraibano, quando foi levado por uma correnteza.
De acordo com relatos de pescadores, o local onde Vandinho estava com o filho, é impróprio para o banho, o lugar acontece o encontro do rio com o mar. Durante o ocorrido, o filho de Vandinho relatou a pessoas próximas, que conseguiu erguer das águas o pai por um último instante, e percebeu que seu genitor (pai) estava com os olhos branco, e sem reação.
Rafael um dos sobreviventes, disse durante participação no jornalístico da Rádio Marmaraú FM, que caminhavam pelo banco de areia, instantes depois, revelou que não conseguiam alcançar o solo. Contou que Vandinho apenas pensou em salvar o filho, afirmou imaginar os três chegando em Araçagi ‘mortos’.  
Blog do Galdino/Raelson Galdino