Pular para o conteúdo principal
 

Escócia rejeita independência e fica no Reino Unido

Os moradores da Escócia rejeitaram por uma ampla margem de dez pontos, bem mais que o esperado, a independência no referendo realizado na quinta-feira (18).
Os países Escócia, Inglaterra, Gales e Irlanda do Norte integram o Reino Unido, que tem Londres como capital e foi unificado em 1707.
Segundo o resultado definitivo após a apuração dos 32 distritos, os eleitorais nesta sexta-feira (19), o "não" obteve o apoio de 55% dos eleitores contra 45% do "sim" à cisão - foram 2.001.926 votos frente a 1.617.989.
O primeiro-ministro escocês, Alex Salmond, admitiu a derrota no referendo: "a Escócia decidiu que este não é o momento de ser um país independente", disse, em um comunicado televisionado. Ele agradeceu aos "1,6 milhão de votos pela independência" do país.
A vice-primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, admitiu que "há uma real decepção com o fato de que não conseguimos a vitória, por pouco".

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, falou "com Alistair Darling (líder da campanha do "não") para felicitá-lo pelo bom trabalho".

Participação recorde

A apuração atrasou devido ao alto índice de participação, em torno de 84%, exceto por algumas exceções, como em Glasgow, onde a participação foi de 75%.

Motivação

Os militantes pró-separação defendiam que a Escócia é um dos países mais ricos da região, e esse seria um dos principais motivos porque a Inglaterra não quer abrir mão deles.
Eles ainda querem investir em energia limpa, o aumento de impostos para garantir melhores serviços públicos e em uma política baseada em igualdade de direitos, inspirando-se em países como Suécia e Noruega, ao contrário da Inglaterra, que se inspira em países "bélicos", como os Estados Unidos.
Uma possível vitória dos separatistas assusta as autoridades britânicas. Poucos dias antes da votação, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, fez um apelo pedindo que os escoceses permaneçam no Reino Unido, o qual, segundo ele, "se tornou o que é hoje graças à grandeza da Escócia".
"Por favor, não façam pedaços desta família de nação", apelou o premiê. "A independência da Escócia não será uma separação, mas sim, um doloroso divórcio", acrescentou. 

Consequências

A independência da Escócia teria enormes consequências constitucionais, políticas, econômicas e sociais para o país e poderia deixar o país fora de organizações como a UE (União Europeia) e a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte).
Além disso, o país poderia ter um êxodo de empresas, investidores e companhias financeiras diante das incertezas de uma nova moeda e estrutura de governo. 
A independência também poderia ter aspectos negativos para os trabalhistas no Reino Unido, que superam amplamente os conservadores na região e contam com 41 deputados no Parlamento britânico, diante de apenas um membro do Partido Conservador. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre em Guarabira Zenobinho vítima de Edema Agudo de Pulmão

Morreu vítima de Edema Agudo de Pulmão, Antônio Altino Batista, conhecido como Zenobinho, na tarde deste domingo (16) no Hospital Regional de Guarabira. Ele passou mal em sua residência, socorrido, mas acabou não resistindo e veio a óbito. Na unidade hospitalar, teve três (03) paradas cardíacas.
Zenobinho sofria de pressão alta e diabete, no Hospital, a equipe médica realizou diversos atendimentos socorrê-lo, das três paradas cardíacas, os médicos conseguiram reverter em duas, a terceira, não foi possível.
Zenobinho era muito querido por diversos meios da sociedade guarabirense, sejam políticos, empresários, comerciantes, além de pessoas simples da cidade.

Guarabira ganhará biblioteca sobre trilhos em antiga estação

O prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB) realizará mais uma ação em torno da cultura e educação do município, desta vez, o gestor guarabirense conseguiu junto a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) um vagão de trem, que será transformado em uma biblioteca. Toscano está resgatando a antiga Estação Ferroviária, no Bairro da Esplanada, onde ficará o vagão doado.




Zenóbio anunciou que implantará algumas ações na localidade, onde recuperará a história ferroviária de Guarabira através do Museu da Ferrovia e a construção do Parque da Estação, que atenderá os moradores da Esplanada. O chefe do executivo municipal pretende restaurar a chamada ponte de tábua, que fica por trás do prédio.



O Parque da Estação receberá uma academia da saúde, duas quadras esportiva uma com piso, a segunda de areia, além de contar com equipamentos que atenderá as crianças e uma pista de skates.



Sobrevivente: Rafael diz que imaginou chegarem os três mortos em Araçagi

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiro iniciou nesta terça-feira (25) o terceiro dia de buscas à Ivandro Batista [Vandinho], desaparecido no último domingo (23). Vandinho estava com o filho e amigos na praia do Coqueirinho, Baía da Traição, Litoral Norte paraibano, quando foi levado por uma correnteza.
De acordo com relatos de pescadores, o local onde Vandinho estava com o filho, é impróprio para o banho, o lugar acontece o encontro do rio com o mar. Durante o ocorrido, o filho de Vandinho relatou a pessoas próximas, que conseguiu erguer das águas o pai por um último instante, e percebeu que seu genitor (pai) estava com os olhos branco, e sem reação.
Rafael um dos sobreviventes, disse durante participação no jornalístico da Rádio Marmaraú FM, que caminhavam pelo banco de areia, instantes depois, revelou que não conseguiam alcançar o solo. Contou que Vandinho apenas pensou em salvar o filho, afirmou imaginar os três chegando em Araçagi ‘mortos’.  
Blog do Galdino/Raelson Galdino