Pular para o conteúdo principal

RC e Cássio protagonizam debate, onde direitos de resposta deram o tom


RC e Cássio protagonizam debate, onde direitos de resposta deram o tom

O debate realizado pela TV Master na noite desta quinta-feira (31), em João Pessoa, onde os seis candidatos ao governo do estado tiveram a primeira oportunidade de apresentar suas propostas foi marcado por trocas de acusações e direitos de resposta onde o governador e candidato a reeleição, Ricardo Coutinho (PSB), foi alvo constantes críticas, sendo chamado de desumano em pelo menos três ocasiões.

Cássio Cunha Lima (PSDB) e Ricardo Coutinho dividiram as atenções no debate e inclusive os pedidos de Direito de Resposta, que consumiram boa parte do tempo do debate.

Quem abriu o confronto de ideias, após um sorteio, foi o candidato, Major Fábio (PROS), que afirmou estar representando a "indignação do povo". Já o candidato à reeleição, Ricardo Coutinho (PSB), disse que estava feliz por ser candidato sem ter que fazer peripécias e afirmou ter quebrado paradigmas.

O candidato, Antônio Radical (PSTU), afirmou que era candidato para enfrentar os grupos sempre representados pelos mesmos partidos.
Para o tucano, Cássio Cunha Lima, o momento é de "fazer um governo novo". "Aprendi com os erros e sofrimentos pessoais e quero tirar a Paraíba do retrocesso que vive, sem ódio e sem rancor".

O peemedebista Vital do Rego disse que vai romper com o atraso, assim como o candidato do PSOL, Tarcio Teixeira, que disse ter várias criticas sobre o "sistema político".
Ricardo foi acusado, logo na abertura do debate, de "estelionato eleitoral" por Radical, quando disse na eleição passada que reduziria a criminalidade em três meses. O candidato do PSTU, inclusive sugeriu a população que acesse o youtube para ver as promessas do governador nas últimas eleições. Já o socialista afirmou ter investido na valorização dos policiais e reiterou que sua gestão conseguiu reduzir o número de homicídios, ao contrário, segundo ele, das anteriores.

Em um dos momentos mais polêmicos do debate, Ricardo comentou que o seu adversário, Cássio Cunha Lima, não teria comprado nenhum ônibus escolar no seu governo, mesmo após um acidente que vitimou alunos. Já Cássio disse que o governador estava usando a morte de crianças para fazer uso eleitoral.
Como proposta para segurança, o peemedebista Vital do Rego defendeu uma segurança enérgica e Cássio defendeu o reestabelecimento do diálogo com a tropa.
Uma proposta ousada foi a do senador Vital que chegou a citar como solução a contratação de soldados temporários.

O candidato do PSOL, Tarcio Teixeira, defendeu que o turismo busque atender primeiro o paraibano e afirmou que a lógica do setor precisa ser invertida.
Já o Major Fábio condenou a privatização da Saúde no Hospital de Trauma, afirmando que: "Essa história de apresentar número não é suficiente, já que não é esta a sensação do povo". Fábio inclusive questionou Radical sobre o pagamento do piso dos professores na Paraíba e Radical fez várias críticas a atual gestão, acusando Ricardo de ter inchado a máquina com prestadores de serviço.

Em seu primeiro direito de resposta, Ricardo aproveitou para prometer passe livre para os  estudantes do nível médio e disse que pretende dobrar o piso dos professores.
Nos demais blocos as acusações entre Cássio e Ricardo só cresceram, onde o tucano destacou as acusações de corrupção no Hospital de Trauma, já Ricardo disse que toda esta acusação é fruto de um relatório que vazou e que hoje o trauma duplicou cirurgias e gasta menos.

Sobre abastecimento de água, Cássio lembrou ter construído adutoras, inclusive em João pessoa e acusou Ricardo de não ter concluído muitas destas obras. O tucano disse ainda ter dobrado a rede coletora do estado.

Vital do Rego defendeu o Porto de águas profundas e acusou o candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos de ser contra o porto de Cabedelo, sendo questionado frontalmente pelo governador, Ricardo Coutinho, que citou vários avanços no Porto do estado.
Números do analfabetismo, fornecimento de água, geração de emprego acabaram ficando em segundo plano e os pedidos de direito de resposta e ataques pessoais continuaram até o último bloco, onde Ricardo afirma ter construído mais estradas que Cássio, enquanto que o tucano esclareceu que as obras do PSB só ocorreram por terem sido "planejadas, licitadas e com recursos captados" em sua gestão.

No último bloco, os candidatos fizeram suas considerações finais, onde Radical lembrou a greve dos trabalhadores da CAGEPA, que já dura mais de 30 dias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre em Guarabira Zenobinho vítima de Edema Agudo de Pulmão

Morreu vítima de Edema Agudo de Pulmão, Antônio Altino Batista, conhecido como Zenobinho, na tarde deste domingo (16) no Hospital Regional de Guarabira. Ele passou mal em sua residência, socorrido, mas acabou não resistindo e veio a óbito. Na unidade hospitalar, teve três (03) paradas cardíacas.
Zenobinho sofria de pressão alta e diabete, no Hospital, a equipe médica realizou diversos atendimentos socorrê-lo, das três paradas cardíacas, os médicos conseguiram reverter em duas, a terceira, não foi possível.
Zenobinho era muito querido por diversos meios da sociedade guarabirense, sejam políticos, empresários, comerciantes, além de pessoas simples da cidade.

Guarabira ganhará biblioteca sobre trilhos em antiga estação

O prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB) realizará mais uma ação em torno da cultura e educação do município, desta vez, o gestor guarabirense conseguiu junto a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) um vagão de trem, que será transformado em uma biblioteca. Toscano está resgatando a antiga Estação Ferroviária, no Bairro da Esplanada, onde ficará o vagão doado.




Zenóbio anunciou que implantará algumas ações na localidade, onde recuperará a história ferroviária de Guarabira através do Museu da Ferrovia e a construção do Parque da Estação, que atenderá os moradores da Esplanada. O chefe do executivo municipal pretende restaurar a chamada ponte de tábua, que fica por trás do prédio.



O Parque da Estação receberá uma academia da saúde, duas quadras esportiva uma com piso, a segunda de areia, além de contar com equipamentos que atenderá as crianças e uma pista de skates.



Sobrevivente: Rafael diz que imaginou chegarem os três mortos em Araçagi

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiro iniciou nesta terça-feira (25) o terceiro dia de buscas à Ivandro Batista [Vandinho], desaparecido no último domingo (23). Vandinho estava com o filho e amigos na praia do Coqueirinho, Baía da Traição, Litoral Norte paraibano, quando foi levado por uma correnteza.
De acordo com relatos de pescadores, o local onde Vandinho estava com o filho, é impróprio para o banho, o lugar acontece o encontro do rio com o mar. Durante o ocorrido, o filho de Vandinho relatou a pessoas próximas, que conseguiu erguer das águas o pai por um último instante, e percebeu que seu genitor (pai) estava com os olhos branco, e sem reação.
Rafael um dos sobreviventes, disse durante participação no jornalístico da Rádio Marmaraú FM, que caminhavam pelo banco de areia, instantes depois, revelou que não conseguiam alcançar o solo. Contou que Vandinho apenas pensou em salvar o filho, afirmou imaginar os três chegando em Araçagi ‘mortos’.  
Blog do Galdino/Raelson Galdino