Pular para o conteúdo principal

Morre candidato Eduardo Campos/PSB em acidente aéreo em Santos (SP)

O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Henrique Accioly Campos (PSB), morreu nesta quarta-feira (13) em um acidente aéreo em Santos, no litoral sul de São Paulo. Ele havia completado 49 anos no último dia 10 de agosto e fazia parte de um grupo político que integra a política pernambucana desde os anos 1950.
A aeronave partiu do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao litoral paulista. O acidente aconteceu na região central de Santos.
Economista formado pela UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), o político começou sua militância como presidente do Diretório Acadêmico da faculdade em 1985. Dois anos depois, passou à política tradicional como chefe de gabinete de seu avô –o então governador do Estado Miguel Arraes (1916-2005).
Em 1990, Campos filiou-se ao PSB e elegeu-se deputado estadual pelo partido, controlado em Pernambuco por Arraes.
Foi ministro de Ciência e Tecnologia no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva, mas deixou o cargo em 2005 para se lançar candidato ao governo de Pernambuco. Foi eleito no ano seguinte e reeleito com 83%, um dos maiores índices da história brasileira.

A aliança política de Campos com Marina Silva, na candidatura à Presidência, no ano passado, foi considerada uma grande jogada política, mas os índices das pesquisas eleitorais não refletiam o potencial que ele imaginara para a associação.
O acidente
O avião modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, vinha do Rio de Janeiro e tinha sete pessoas a bordo. O aparelho caiu entre as ruas Alexandre Herculano e Vahia de Abreu, no bairro Boqueirão, na zona leste de Santos.
Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o avião pertence a um particular (AF Andrade Empreendimentos e Participações Ltda.) e está com a documentação em dia.
“Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave. A Aeronáutica já iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente”, diz a nota, assinada pelo brigadeiro do ar Pedro Luís Farcic, chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.
Veja a lista de mortos no acidente de avião que matou Eduardo Campos
Eduardo Campos, candidado à presidência
Alexandre Severo Silva, fotógrafo
Carlos Augusto Leal Filho, assessor
Geraldo Henri P. da Cunha, piloto
Marcos Martins, piloto
Pedro Valadares Neto
Marcelo Lira

Veja o que disseram sobre a morte do político:
Luciana Genro (PSOL), candidata a presidente, no Twitter 
“Confirmação da morte de Eduardo Campos é uma tragédia terrível! Minha solidariedade a familia e amigos. Esta eleição se transformou em luto!”


Cesar Maia (DEM-RJ), candidato ao Senado, no Twitter
“Triste e inacreditável. Candidato Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos”

Tarso Genro (PT), governador do Rio Grande do Sul
“De qualquer forma, seja qual for o resultado, é uma tragédia humana e um grave problema para o processo político brasileiro. Todo mundo sabe que o Eduardo Campos é uma pessoa com muita representatividade e uma postura republicana muito respeitável. Então tem duas dimensões, seja qual for o resultado, é uma tragédia humana e uma tragédia política. Minha agenda está cancelada e retorno a Porto Alegre”

Marta Suplicy (PT-SP), senadora licenciada, no Twitter
“Muito triste com o falecimento de Eduardo Campos! Meu profundo sentimento à Renata e filhos”

Ricardo Ferraço (PMDB-ES), senador, no Twitter
“Em estado de choque com o falecimento de Eduardo Campos.É uma tragédia q deixa o Brasil todo triste com a perda de um grande homem público”

Aloysio Nunes (PSDB-SP), senador, no Twitter
“Profundamente chocado com a morte do Eduardo Campos”

Alexandre Padilha (PT), candidato a governador em SP
“Infelizmente, acabei de ser avisado. Foi uma tragédia. O ex-governador Eduardo Campos foi meu colega de governo durante o governo do presidente Lula. Conheci muito a família, a esposa, os filhos. Decidi suspender qualquer outra agenda para que a gente possa ter mais informacões e dar conforto à familia e aos amigos”

José Agripino (DEM-RN), senador
“No aeroporto de Natal, ao lado de Aécio, estamos surpresos com a noticia da morte de Eduardo Campos. Agenda no RN e PB cancelada.”

João Capiberibe (PSB-AP), senador
“É muito difícil aceitar que perdemos um líder que tem uma trajetória social indiscutível, com políticas para mudar o Brasil. É um impacto enorme para nós, um momento de muito sofrimento. Convivi com Eduardo ao longo desses 20 anos no PSB. Uma perda lamentável!”.

Ana Rita (PT-ES), senadora, no Twitter
“Triste c/ a morte do presidenciável Eduardo Campos e assessores. Minha solidariedade aos familiares, amigos e integrantes do PSB/Rede”

Paulo Paim (PT-RS), senador
“Profundamente triste e chocado com a morte do grande líder e candidato a presidente da República pelo PSB Eduardo Campos #LUTO”

Rafael Cortez, apresentador e humorista, no Twitter
“Muito triste a morte do Eduardo Campos. Ainda mais nessas circunstâncias. Força aos que o amavam e ficam. Nosso respeito nessa hora”

Valesca Popozuda, cantora, no Twitter
“Coitado do Eduardo Campos. Que Deus conforte família e amigos dele nesse momento. Que Deus conforte a família de todas as vítimas envolvidas”

Tico Santa cruz, cantor, no Twitter
“A morte anda pregando peças… @eduardocampos40 estava no avião que caiu em Santos. Lamentável. Meus pêsames a família e aos próximos”

Marcelo Tas, apresentador, no Instagran 
“Meus sentimentos à familia e amigos de Eduardo Campos #Luto #JovemDemais #P








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre em Guarabira Zenobinho vítima de Edema Agudo de Pulmão

Morreu vítima de Edema Agudo de Pulmão, Antônio Altino Batista, conhecido como Zenobinho, na tarde deste domingo (16) no Hospital Regional de Guarabira. Ele passou mal em sua residência, socorrido, mas acabou não resistindo e veio a óbito. Na unidade hospitalar, teve três (03) paradas cardíacas.
Zenobinho sofria de pressão alta e diabete, no Hospital, a equipe médica realizou diversos atendimentos socorrê-lo, das três paradas cardíacas, os médicos conseguiram reverter em duas, a terceira, não foi possível.
Zenobinho era muito querido por diversos meios da sociedade guarabirense, sejam políticos, empresários, comerciantes, além de pessoas simples da cidade.

Guarabira ganhará biblioteca sobre trilhos em antiga estação

O prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB) realizará mais uma ação em torno da cultura e educação do município, desta vez, o gestor guarabirense conseguiu junto a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) um vagão de trem, que será transformado em uma biblioteca. Toscano está resgatando a antiga Estação Ferroviária, no Bairro da Esplanada, onde ficará o vagão doado.




Zenóbio anunciou que implantará algumas ações na localidade, onde recuperará a história ferroviária de Guarabira através do Museu da Ferrovia e a construção do Parque da Estação, que atenderá os moradores da Esplanada. O chefe do executivo municipal pretende restaurar a chamada ponte de tábua, que fica por trás do prédio.



O Parque da Estação receberá uma academia da saúde, duas quadras esportiva uma com piso, a segunda de areia, além de contar com equipamentos que atenderá as crianças e uma pista de skates.



Sobrevivente: Rafael diz que imaginou chegarem os três mortos em Araçagi

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiro iniciou nesta terça-feira (25) o terceiro dia de buscas à Ivandro Batista [Vandinho], desaparecido no último domingo (23). Vandinho estava com o filho e amigos na praia do Coqueirinho, Baía da Traição, Litoral Norte paraibano, quando foi levado por uma correnteza.
De acordo com relatos de pescadores, o local onde Vandinho estava com o filho, é impróprio para o banho, o lugar acontece o encontro do rio com o mar. Durante o ocorrido, o filho de Vandinho relatou a pessoas próximas, que conseguiu erguer das águas o pai por um último instante, e percebeu que seu genitor (pai) estava com os olhos branco, e sem reação.
Rafael um dos sobreviventes, disse durante participação no jornalístico da Rádio Marmaraú FM, que caminhavam pelo banco de areia, instantes depois, revelou que não conseguiam alcançar o solo. Contou que Vandinho apenas pensou em salvar o filho, afirmou imaginar os três chegando em Araçagi ‘mortos’.  
Blog do Galdino/Raelson Galdino