Pular para o conteúdo principal
 

Globo poderá ter primeira narradora na Copa da Rússia

 
Fernanda Gentil é o principal nome feminino da cobertura desta Copa na Globo. A repórter se destaca pelo carisma e a facilidade de improvisar ao vivo. Ela tem chance de se tornar a primeira narradora da emissora num Mundial — a estreia poderá acontecer na Rússia, em 2018. Uma fonte informa que a cúpula do canal acredita ser importante abrir espaço para as mulheres no fechadíssimo clube de locutores esportivos da TV.
 

As emissoras sempre têm ‘musas’ do jornalismo esportivo. Entre as atuais estão Renata Fan  e Paloma Tocci (Band) e Glenda Kozlowski e Christiane Dias (Globo). Elas atuam como apresentadora, repórter e até comentarista, mas ainda não tiveram a oportunidade de alcançar o topo da carreira, narrando partidas de futebol no maior evento do esporte.
 

No bom e velho rádio esse tabu começou a ruir no sábado (14). Professora de Educação Física e jazz, a carioca Renata Silveira narrou para o site da Rádio Globo o jogo entre Uruguai e Costa Rica, no terceiro dia da Copa. Ela realizou a façanha após vencer o concurso de talento ‘Garota da Voz’. Agora é esperar a chance de ancorar uma transmissão diretamente nas ondas do rádio.
 

Apesar de o início da revolução feminista ter sido nos anos 1960, a Globo demorou algumas décadas para ‘promover’ mulheres a posições-chave de sua programação. A primeira a ocupar a bancada do Jornal Nacional foi Valéria Monteiro, em 1992. Ela cobria folgas e férias dos titulares Cid Moreira e Sérgio Chapelin. Somente quatro anos depois Lillian Witte-Fibe se tornou a pioneira com cadeira cativa no telejornal de maior audiência do país.
 

A última fronteira do domínio masculino na televisão é realmente a narração esportiva de um evento planetário como a Copa do Mundo. Sempre que a inclusão feminina é proposta surge a teoria de que o telespectador-padrão (leia-se conservador e/ou machista) não aceitaria assistir aos jogos de futebol com locução de uma mulher. Falava-se o mesmo sobre eleger uma mulher para a presidência do Brasil. O tempo provou que até o aparentemente impossível pode acontecer.

Com Terra.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre em Guarabira Zenobinho vítima de Edema Agudo de Pulmão

Morreu vítima de Edema Agudo de Pulmão, Antônio Altino Batista, conhecido como Zenobinho, na tarde deste domingo (16) no Hospital Regional de Guarabira. Ele passou mal em sua residência, socorrido, mas acabou não resistindo e veio a óbito. Na unidade hospitalar, teve três (03) paradas cardíacas.
Zenobinho sofria de pressão alta e diabete, no Hospital, a equipe médica realizou diversos atendimentos socorrê-lo, das três paradas cardíacas, os médicos conseguiram reverter em duas, a terceira, não foi possível.
Zenobinho era muito querido por diversos meios da sociedade guarabirense, sejam políticos, empresários, comerciantes, além de pessoas simples da cidade.

Guarabira ganhará biblioteca sobre trilhos em antiga estação

O prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB) realizará mais uma ação em torno da cultura e educação do município, desta vez, o gestor guarabirense conseguiu junto a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) um vagão de trem, que será transformado em uma biblioteca. Toscano está resgatando a antiga Estação Ferroviária, no Bairro da Esplanada, onde ficará o vagão doado.




Zenóbio anunciou que implantará algumas ações na localidade, onde recuperará a história ferroviária de Guarabira através do Museu da Ferrovia e a construção do Parque da Estação, que atenderá os moradores da Esplanada. O chefe do executivo municipal pretende restaurar a chamada ponte de tábua, que fica por trás do prédio.



O Parque da Estação receberá uma academia da saúde, duas quadras esportiva uma com piso, a segunda de areia, além de contar com equipamentos que atenderá as crianças e uma pista de skates.



Sobrevivente: Rafael diz que imaginou chegarem os três mortos em Araçagi

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiro iniciou nesta terça-feira (25) o terceiro dia de buscas à Ivandro Batista [Vandinho], desaparecido no último domingo (23). Vandinho estava com o filho e amigos na praia do Coqueirinho, Baía da Traição, Litoral Norte paraibano, quando foi levado por uma correnteza.
De acordo com relatos de pescadores, o local onde Vandinho estava com o filho, é impróprio para o banho, o lugar acontece o encontro do rio com o mar. Durante o ocorrido, o filho de Vandinho relatou a pessoas próximas, que conseguiu erguer das águas o pai por um último instante, e percebeu que seu genitor (pai) estava com os olhos branco, e sem reação.
Rafael um dos sobreviventes, disse durante participação no jornalístico da Rádio Marmaraú FM, que caminhavam pelo banco de areia, instantes depois, revelou que não conseguiam alcançar o solo. Contou que Vandinho apenas pensou em salvar o filho, afirmou imaginar os três chegando em Araçagi ‘mortos’.  
Blog do Galdino/Raelson Galdino